Devocional '1 Minuto com Deus

domingo, 3 de novembro de 2019

Minha mulher é gastadeira. O que faço?


As finanças de um casal devem ser muito transparentes, pois caso um dos dois cometam erros financeiros a família toda a sofrer. Se você ainda vive no regime de ‘finanças secretas’ guardando dinheiro escondido do seu marido ou esposa saiba que esse tipo de atitude não agrada a Deus.

Porém, eu compreendo perfeitamente que existe situações onde é preciso realmente guardar dinheiro longe do conhecimento do seu cônjuge, pois se ele/ela souber devora a grana deixando a você sem nada.  

Esses sintomas de que a pessoa é financeiramente desequilibrado deve ser observado no namoro, mas se você já está no casamento a solução agora é sentar, conversar e tentar chegar a um acordo sobre o assunto.

Existe também o caso de mulheres que são extremamente gastadeiras, devoram toda a grana do marido. Geralmente são esposas que não trabalham fora, por tanto, não aprendeu a valorizar os recursos que o homem traz para casa. Essa doença chama-se “consumo compulsivo” e tem tratamento para ela, basta a pessoa querer.

É preciso ter cuidado com as finanças da família, todo mundo saber que dinheiro não compra felicidade, mas a falta dele traz tristezas e problemas gigantescos.

“Antes te lembrarás do Senhor teu Deus, que ele é o que te dá força para adquirires riqueza; para confirmar a sua aliança, que jurou a teus pais, como se vê neste dia.”  (Deuteronômio 8:18)